quinta-feira, 24 de março de 2016

ANJOS & AIDS: 'O BATER DAS ASAS'. Parte I - (Relato de Steven Maxwell).


"Só um olhar faltoso está sempre ocupado em ver faltas. O Olhar do Amor, não vê faltas; só vê razões para amar". ("O Amor é a Lei de Deus" - 'O Livro de Mirdad'). O olhar angélico vê a Essência Divina por trás de todas as formas manifestadas no Universo; por isso, os Anjos de Deus envolvem todos os seres e criaturas, numa infinita e amorosa compreensão... (Campos de Raphael).
  
  Seja Bem-vindo! - Welcome! - Bienvenido! tony'sgift

 Click nos Sete Arcanjos e veja o que seu Anjo da Guarda revela!
(*) ACORDE! 'Caminhante das Estrelas':
"Antes de reencarnar na Terra, você fez um plano do que pretendia alcançar... Fez contratos com todas as pessoas de sua vida: pais, irmãos, irmãs, parentes e amigos. Eles o ajudam a passar por tudo o que planejou realizar nesta vida". (Dolores Cannon. Hipnoterapeuta).  Dolores reafirma o que aqui temos dito: Ninguém nasce numa certa família ou circunstância por Acaso. Antes de nascer cada um escolheu, a nível da Alma, uma via de aprendizado no 'campo quântico das possibilidades', onde tem oportunidade de expansão da Consciência Divina, cósmica,  junto aos que está interligado por laços de Alma ou 'nós kármicos'. Na verdade, tudo é constelado pelo 'Self', nosso ser interior imortal... E o Anjo Ariel, salienta: "Nossa intenção é deixar que as pessoas sigam seu próprio caminho para encontrar a verdade espiritual eterna, que faça sentido dentro da sua experiência de vida... Gostaríamos que estas palavras chegassem àqueles que estão abertos para essas verdades, que com elas se harmonizem e as usem para fazer brotar em si a ânsia pelo crescimento e o desenvolvimento interior"... [Cf.'Entrevista com um Anjo', p. 97. Pensamento]. (Campos de Raphael).

Você aniversaria hoje? Click nos Anjinhos!
 Anjos da Guarda: Click e veja o que o seu revela!


Escolha abaixo uma música que aquiete a mente e 'fale' ao seu coração... E a ouça durante sua leitura:

 Click-Foto: Coheça as Praias de Rio das Ostras!

  
Anjos  AIDS: 'O Bater das Asas - (Steven Maxwell).
"Quando vi Anjos pela primeira vez na vida, tinha quatro anos de idade. Fui acometido de uma pneumonia dupla e, nas condições que estava, não podia ser levado de casa para o hospital"...

Encontrava-me muito doente. Apesar da pouca idade, lembro-me de que minha mãe me acomodara em seu quarto e me trouxera um ginger ale quente, e acho que é isso que me faz lembrar tão bem; recordo-me da surpresa pelo refrigerante quente.

Então, eu perguntei: "Mãe, você pode vê-los?" E ela: "Quem?"  Eu respondi: "Os Anjos". Estavam espalhados pelo teto do quarto - não era só um, havia muitos deles. O que mais me marcou não foram as asas, mas a sensação de luminosidade e movimento.

É óbvio que minha mãe julgou que eu estivesse delirando, o que a deixou muito preocupada. Porém me recuperei e fiquei melhor. Não me lembro de terem falado comigo; só me recordo de tê-los visto...  
"A segunda vez em que tive total consciência de uma presença alheia ao mundo físico, foi aos oito anos. Eu era uma criança fisicamente molestada e, naquele momento, meu padrasto espancava-me até a inconsciência. Porém, antes de perder a consciência, ouvi nitidamente - e isso ainda ecoa na minha memória até hoje, após quarenta anos - alguém falar bem ao meu ouvido: 'Não se preocupe, ele não conseguirá machucá-lo'. Não tive mais medo depois disso"...

Recentemente, recebi uma visita importante dos Anjos; provavelmente em virtude de minha doença. Em outubro de 1991, apresentava alguns problemas físicos - sintomas sem muita explicação - e fui ao médico. onde fiquei sabendo que era HIV positivo. Após submeter-me a uma bateria de testes, ele concluiu que me restavam três anos de vida, mesmo sob terapia intensiva.

Minha primeira reação foi a de aceitação, porque muitos dos meus amigos já haviam morrido. Eu realmente me surpreendia por não ter sido ainda atingido e, de certa forma, estava feliz por não ter de chegar à velhice.

Comecei a sentir-me incomodado com o fato de estar morrendo quando os sintomas se agravaram. As dores de cabeça me atormentavam e, todas as vezes em que tentava me mover, a dor se intensificava. Eu parecia estar sendo torturado fisicamente...
Comecei a ficar revoltado, então. Achei que não merecia sofrer mais; já teria sofrido o bastante. Comecei a pensar em suicídio, pois o desconforto que sentia era tão intenso que qualquer alívio me parecia impossível. Foi então que passei a apelar para algo fora do meu ser.

Àquela altura de minha vida, já havia superado muitos problemas graças ao meu autocontrole - construí a minha vida de maneira a ter tudo sob domínio. No entanto, precisei abdicar dessa faceta, pois não era mais capaz de controlar o que estava acontecendo com o meu corpo.

Teria de sair de mim mesmo se quisesse obter alguma ajuda; não havia nenhum ser físico capaz de oferecê-la, não era possível qualquer ajuda física. Os medicamentos ajudam, mas não extirpam o mal.

Em julho de 1992, minha doença tornou-se tão aguda que impediu-me de trabalhar. Já não podia mais andar, estava com várias infecções e problemas, e comecei a preparar-me para a morte. Dei tudo o que eu tinha e mudei-me para a casa de dois velhos amigos, que estavam também à espera da morte.

Outros amigos cuidaram de tudo para mim e fecharam o apartamento onde morava. Enquanto estava preso à cama, aguardando a morte, comunicava-me mentalmente com a imagem que fazia de Deus em uma tentativa de escapar da dor. Naquele período, alguma coisa começou a acontecer...
"Primeiro, comecei a sentir que não estava sozinho no quarto, havia uma energia ao meu redor. A partir de então, passei a ser acordado todas as madrugadas, por volta das quatro horas, quando encontrava uma entidade aos pés de minha cama. Ele - sabia apenas que era do sexo masculino - segurava uma esfera de luz que passou às minhas mãos. Era do tamanho aproximado de uma laranja"...

Ele abriu as mãos e eu percebi que deveria pegar o objeto de luz. Foi o que fiz. Enquanto o segurava e olhava fixamente para a luz, ela foi se tornando cada vez maior, até um ponto em que não mais conseguia segurá-la; havia se tornado imensa. A seguir, ela me envolveu, desceu sobre o meu corpo. A partir de então, passei a visualizar a Luz sempre que tentava me manter em conexão com o mundo externo ao nosso.

A segunda forma de contato também ocorreu quando já não andava. Um Anjo apareceu ao lado da minha cama e pude vê-lo nitidamente. Surgiu sob a forma de uma luz, porém o que mais me impressionou foram suas asas. Na primeira entidade, não notei a presença de asas, só a luz. O segundo Anjo, que também era masculino, trazia asas bastante nítidas e eu as ouvia bater. Ainda não consigo tirar da cabeça o som produzido por elas; era bastante intenso...
"Ele tomou as minhas mãos, levantou-me e nós levitamos de minha cama em direção ao teto. Não me recordo para onde fomos; lembro-me apenas da sensação de partir. Embora não me ocorresse na hora, era como se eu estivesse morrendo e sendo erguido"...

Quando o Anjo segurou minhas mãos e nós subimos, senti grande alívio. Era uma sensação de grande liberdade e, após esse episódio, pude voltar a andar. Os nervos do lado direito de meu corpo, que haviam aparentemente morrido, se recuperaram e eu pude andar novamente sem dor.

"Com isso, tornei-me novamente útil ao mundo. Espero que o mesmo aconteça quando fizer a minha transição desta vida: espero ser livre e produtivo em um plano diferente. E sou levado a crer que, chegada a hora da morte, ouvirei o bater das asas novamente"... (Steven Maxwell). [Extratos de 'Anjos: Os Mensageiros Misteriosos',  p. 237/240. Rex Hauck. Nova Era. Título original: 'Angels: The Mysterious Messengers'. 1994].
A Vida é uma Dança: Dance com a Vida!

Estar vivo é uma oportunidade gloriosa! Então...
Confira também: 'A Aventura da Vida'.

'Doze sinais da presença dos Anjos!'
(Click on the Angel)
 Doze sinais da presença dos Anjos!
 VÍDEOS EM DESTAQUE:
Mensagem dos Anjos Para Todo Ano!
O verdadeiro Natal, o nascimento da Luz de Deus no santuário de seu coração, pode ser comemorado em qualquer dia do ano... Acenda, pois essa Luz Crística dentro de você mesmo!

'Click on the Angel'.
 'Click on the Angel'

(Click nos Anjos da Natureza - 'Mensagem da Árvore')

Vídeos Especiais (click):
Veja, ouça e emocione-se! - 'Nessun Dorma' - Puccini.

Click e conheça também:
 Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael). 
[Editado em 23.03 e publicado em 24.03.2016. Rio das Ostras/R.J.Brazil].