sábado, 1 de novembro de 2014

QUEM FOI JESUS CRISTO - ['Interview with an Angel'].

 
"Jesus foi a personificação do mais completo ideal espiritual que os seres humanos almejam e buscam, mesmo que não seja capazes de entendê-lo. Esse ideal espiritual é traduzido de maneira simples pela palavra perdão"... (Palavras de o Anjo Ariel').

(*) "Somos seres espirituais vivendo experiências na forma humana"... E ninguém nasce num certo dia e hora por acaso, como se vê no mapa astrológico. Esquecemos, porém, a origem divina de nosso ser interior ao adentrar a veste humana, e a missão ou lições de vida escolhidas para vivenciar no mundo espaço-tempo. Mas, as características do 'Anjo da Guarda de seu aniversário' podem revelar qualidades e potencialidades que você escolheu experienciar neste 'campo quântico de possibilidades', para expandir a consciência do Self imortal, figurado as vezes como 'criança divina'... NOTE BEM: Embora a infância seja pré-determinada por fator kármico ou escolhas antes de nascer, temos a opção de mudar o roteiro a partir da adolescência e na vida adulta, rumo ao 'Bem Superior', ou para baixo, o 'Mal': "O que o homem semear, isso também colherá". [Paulo, Gálatas 6.7]. (Campos de Raphael).


 Happy Birthday


Escolha abaixo a música que aquiete a mente e 'fale' ao seu coração... Minimize, reabra o portal e a ouça durante a leitura dos textos:
‘Merlin’s Magic’. Angelic Heavenly. (1h:02)


 Dicas dos 'Anjos de Cura', regidos por Raphael: Dores de coluna, artrite, pedras nos rins? Pode ser carência de magnésio! Veja o segredo médico revelado no depoimento deste experiente Clínico. (Click): 'Cloreto de Magnésio - Dr. Luiz Moura'. 
Quem Foi Jesus Cristo - ['Entrevista com um Anjo'].
Linda Sue: "Do seu ponto de vista, quem foi Jesus Cristo?"

Anjo Ariel: "O ser, a pessoa que, na história humana, vocês conhecem pelo nome de Jesus Cristo foi a personificação do potencial que vocês todos, como raça, um dia realizarão. Ele foi a presença viva, a experiência simultânea da unidade plena e completa, embora estivesse totalmente mergulhado na experiência humana"...

Jesus foi a personificação do mais completo ideal espiritual que os seres humanos almejam e buscam, mesmo que não seja capazes de entendê-lo. Esse ideal espiritual é traduzido de maneira simples pela palavra perdão... No entanto, mesmo que o descrevamos dessa forma, nós receamos que vocês não entendam o que queremos dizer. Pois muitos de vocês de fato não entendem nem mesmo o que disse a mais elevada das almas, Jesus...

"Uma das necessidades no processo de crescimento espiritual e de evolução é inspirar, motivar e ensinar, sem tirar das pessoas a oportunidade de aprender e de crescer"...

Se atentarem não só para a vida, para a experiência e para a sabedoria desse ser em particular, de nome Jesus, mas também para outros seres que transmitiram um importante conhecimento através da vida que viveram, vocês perceberão que uma das características desses seres foi o fato de não serem diretamente responsáveis pelo conhecimento que propagaram...

Em muitos casos, eles não chegaram a deixar nenhuma documentação. Embora o mais sábio dos mestres, Jesus, soubesse escrever, ele não deixou por escrito seus ensinamentos. E ainda que outros, próximos de Jesus, tivessem condições de registrar cada palavra que ele dissesse, também não o fizeram.

Mas isso não foi um erro. Pois Jesus, vivendo a personificação dessa realidade simultânea de ser homem e unidade, estava ali para sr visto, sentido, experimentado, e sua força ainda está presente no coração e na mente dos seres humanos mesmo neste exato instante.

Os seres humanos têm a chance, a alegria, de olhar com atenção as descrições vagas ou propositadamente ambíguas e às vezes contraditórias dos fatos, circunstâncias e detalhes da vida do mais sábio dos mestres, e se concentrar naquilo que ele procurou transmitir.

Tudo o que ele disse e viveu refletiu uma vida de perdão. Ele viveu a vida toda praticando o perdão, não com a postura de quem se acha superior, às pessoas e as perdoa porque tem pena delas, e sim a partir de um estado de Amor - alcançado por meio da Unidade com Deus - em que não existe a necessidade de separar, julgar ou condenar...
Jesus viveu um estado de ser cheio de Amor, em que não existe julgamento. Esse estado só é atingido pelos seres humanos quando eles passam pela experiência de comunhão com Deus. Quando isso acontece, vocês podem sentir o perdão que o mais sábio dos mestres demonstrou, não só por meio de palavras, mas por meio da vida que viveu e até mesmo da sua morte. Esse é, na realidade, o verdadeiro ensinamento que ele demonstrou e que tem sido transmitido pelo que vocês chamam de religião.

No entanto, no seu sentido mais puro, todo o ensinamento de Jesus resumiu-se no perdão que advém do estado de Amor alcançado pela união com Deus. É esse perdão que lhes mostra, com mais exatidão, em que estágio vocês estão no processo evolucionário.

O processo de crescimento espiritual, contudo, é profundamente complexo e é um truque do ego confundir conhecimento espiritual com crescimento espiritual. Por isso a mente do ego se concentra facilmente nas aparências, nas circunstâncias ou nos detalhes e perde de vista os ensinamento de Jesus que estão bem na frente dela [mente egóica]....
Linda Sue: "Os primeiros 25 anos da vida de Jesus não têm nenhuma registro histórico. Você poderia nos contar algo sobre essa época?"

Anjo Ariel: Sua pergunta enfatiza nossa resposta anterior em muitos aspectos. Não há dúvida de que os detalhes da vida desse mestre sapientíssimo não foram registrados ou transcritos.

Vocês talvez achem estranho que, mesmo quando as pessoas à volta dele perceberam sua grandiosidade, muito tempo se passou antes que algo fosse registrado. Por isso, os detalhes que foram descritos são vagos e contraditórios.

Vocês não vêem que a falta de registros mais precisos ocorreu porque não é com detalhes que vocês devem se preocupar? Os detalhes são um empecilho e dão à mente, ao ego, uma oportunidade para ignorar o aspecto espiritual  da encarnação dessa joia preciosíssima.

A nosso ver, esclarecer os detalhes não são importantes - e sim a mensagem, a encarnação do estado absoluto de Amor, o estado absoluto que um ser humano pode alcançar quando ele vive, simultânea e paradoxalmente, a experiência humana e a comunhão com Deus, ou seja, vive ao mesmo tempo num estado absoluto de perdão e de total humanidade...

Linda Sue: "A alma de Cristo voltou a entrar num corpo depois da sua mais famosa encarnação na Terra?"

Anjo Ariel: "Não, não no sentido do conceito normal de uma alma ligando-se a um envoltório físico pelo período que vocês chamam de encarnação. Por favor entendam, e mais uma vez nos desculpamos por isso, como é difícil transmitir a verdade pura acerca do estada da alma de um criatura tão extraordinária"...

De acordo com o modelo que criamos para vocês, a alma de Jesus encontra-se propositadamente entre os estado de extrema ligação com aqueles que ele ama e na imersão no estado de completa união com Deus. Como resultado disso, essa alma extraordinária pode, essencialmente, ter influência sobre a vida dos seus entes queridos.

Para essa alma, para esse ser que vocês associam ao nome Jesus, o termo entes queridos aplica-se a toda a humanidade. Pois não existe ninguém - nenhum ser humano de qualquer disciplina religiosa, classe econômica, afinidade política ou que de alguma forma seja considerado diferente - com que Jesus não tenha uma ligação profunda e infinita.
Ele tem a capacidade - especialmente em tempos em que há muito medo ou desespero no coração dos seres humanos - de ligar-se a vocês numa comunhão tão profunda que está além de qualquer descrição. Quando ele entra em contato - nem que seja por um instante -, com o corpo físico de vocês, ele deixa a sensação de completa paz e tranquilidade, em que todos os medos se desvanecem...


A alma desse Jesus, como uma ponte universal para o Divino, possibilita que os seres humanos passem por experiências momentâneas de comunhão. Convém ressaltar que o termo momentâneo, nesse caso, pode significar um período de tempo, de acordo com a terminologia de vocês, que se resume a segundos ou estende-se por anos.

Ao serem agraciados com a experiência de ser tocados pelo próprio coração de Jesus, e por meio desse toque entrar em comunhão direta com o Divino, vocês atingem um estado de perdão em que não existe praticamente nenhum julgamento e que, portanto, não há nada para se perdoar. Por conseguinte,o perdão existirá naturalmente.

Vocês têm usado muitos termos para descrever esses belíssimo estado de graça que está ao alcance de todos. O termo Espírito Santo tem suas próprias conotações e significados que, em alguns casos, são idênticos ao que acabamos de descrever e, em outros, são totalmente diferentes...
"O que nós gostaríamos que vocês entendessem é o seguinte: está correto dizer que essa presença de  Jesus, esse Cristo vivo, de acordo com a linguagem de vocês, ou a presença do Espírito Santo podem dissipar os medos humanos e conceder seu perdão"...

"O perdão e a dissolução dos medos não vêm de uma varinha mágica que, ao tocar a humanidade, perdoa e absolve a todos. O perdão de que estamos falando é resultado da experiência de comunhão à qual nos referimos. Ele nasce quando o coração de vocês toca o coração de Cristo numa comunhão em que o Amor de Deus, por meio do Cristo vivo, os inunda de tal forma que vocês são levados a um estado de perdão totalmente destituído de medo". [Extraído de 'Entrevista com um Anjo', p. 276/79. Stevan J. Thayer - Linda Sue Nathanson. Pensamento. Título original: 'Interview with an Angel'. 1997].


Click nos Anjinhos e conheça:
 Click nos Anjinhos & Veja também;

 Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael)