sábado, 28 de junho de 2014

A Consciência Cósmica de Ruth Dahlén – (Dr. Nils Jacobson).

“A dualidade mente-corpo (mente-cérebro) no homem é um reflexo da dualidade onda-partícula [quântica], que é subjacente a tudo o que existe. Assim, o ser humano é um minúsculo microcosmo de o Ser Cósmico”. (Danah Zohar). [‘The Quantum Self’ ­- ‘O Ser Quântico’, p. 121. Editora Best-Seller. 1990]. 
Clic nos anjinhos e descubra o seu Anjo da Guarda!Anjos da Guarda: Veja o que revela o seu!Conheça o Anjo da Guarda de seu aniversário. (Clic)

 Happy Birthday(*) Antes de nascer, você eu já vivemos. E as características do Anjo da Guarda do dia de nascimento físico, pode revelar o que você e eu viemos fazer neste "campo quântico de possibilidades": expandir a consciência da "criança divina" -, 'Deus em nós', o Self imortal. Mas, ao adentrar a veste física, esquecemos a origem divina de nossa alma, a missão que escolhemos e as lições a ser apreendidas no embate das 'forças dos opostos'...
NOTE BEM: Muito embora a infância esteja predeterminada, é-nos dado mudar o rumo e o roteiro da vida, na adolescência ou na etapa adulta - para o Alto ou o baixo; para o 'bem' ou o 'mal'... "Destino" é fruto de nossas ações aqui e agora. A lei universal é clara: "O que o homem semear, isso colherá!" - (Campos de Raphael).
“O Supremo Criador revela-se nos sons, seres viventes e sinais inscritos na Natureza”. (Campos de Raphael).

Música suave atrai a presença dos Anjos... Escolha abaixo àquela que aquiete a mente e fale ao seu coração. Pare e a escute... Reabra o portal e ouça sua música durante a leitura:
Vídeos em Destaque:
Processo de Autoconscientização: "Somos Parte de um Todo!"
 'A Crise Atual de Consciência & As Previsões Mayas 2012/2032'.

A Consciência Cósmica de Ruth Dahlén – (Dr. Nils Jacobson).
INTROITO (Campos de Raphael) 
Desde que, aos 34 anos, vivenciei uma experiência profunda entre às muralhas do templário Castelo do Graal, nas proximidades de Montréalp-de-Sos, no Sul da França, posso afirmar que, ao mergulhar na veste física, esquecemos quem de fato somos. E buscamos sempre o Amor fora de nós, sem imaginar sequer que vivemos, existimos e nos movemos em imenso campo de energia cósmica: um divino Oceano de Amor.

Desconhecemos verdadeiramente quem somos, condicionados a pensar que somos apenas a consciência biológica de nossa personalidade mortal transitória. E o que o Dr. Nils Jacobson relata em ‘Vida Sem Morte?’, pode nos dar um vislumbre da consciência cósmica e onisciência, latente dentro de nós, mas presente em nosso ser imortal, que Carl Jung denominou de ‘Self’

Quando os mayas deixaram inscrições, com as palavras, "Somos caminhantes das estrelas... Seres espirituais vivendo a experiência humana", eles evidenciaram possuir esse conhecimento mais profundo, talvez em razão de seu contato com civilizações extraterrestres  - o que explica as suas pirâmides-templos de nove patamares e o fato de saberem que nosso sistema solar gira ao redor das Plêiades, num giro de 26 mil anos... E você pode saber mais, acessando na Internet 'As Profecias Mayas'.

Hoje, porém o foco principal desa página é o fato ocorrido com Ruth Dahlén, uma sueca já nos seus quarenta anos, cuja experiência cósmica é descrita a seguir. (Campos de Raphael).

A Consciência Cósmica de Ruth Dahlén – (Dr. Nils Jacobson).
"Meu olhar voltou-se para um maravilhoso floco que pousou repentinamente em um espinho de abeto. Logo em seguida, algo aconteceu com aquele espinho, que pareceu dissolver-se em cintilantes raios de luz... Os raios de luz pareciam mover-se incrivelmente rápido, até tomarem formas espiraladas dentro do espinho, que por todo o tempo conservava a forma e as características de um espinho de abeto".

Foi como se de repente eu tivesse diante dos olhos uma lente que aumentasse milhões de vezes o tamanho das coisas... Logo todo o abeto tornou-se um único pilar de luz.

Por um segundo, fiquei incrivelmente assustada: estaria acontecendo alguma coisa a meu cérebro?... E todo o bosque pareceu um oceano de luz... E minhas mãos adquiriram uma luminosidade transparente.

Toda a Criação vibrava com estes raios, mas podia-se distinguir cada luz individualmente, podia-se ver todo aquele complexo funcionar...

Vi o cosmos funcionar como uma geometria de cinco dimensões: as três dimensões do espaço tempo, a quarta; e, como quinta, a dimensão construtiva, unificante, harmônica, a mais interior dimensão do universo, o Amor... 
Mas esta é uma tentativa infeliz de descrever com palavras algo que realmente vi com os meus olhos, algo absolutamente real e manifesto. Talvez a imagem de um relógio de parede com um incalculável número de engrenagens fosse melhor, mas as cinco dimensões teriam de estar ali...

E cada vez mais eu fui me transformando em luz, até que me vi como um fenômeno luminoso, vibrando na mesma frequência que a “quinta dimensão”.Vi as coisas acontecerem como se estivesse vendo um filme que explicava não apenas o curso histórico, porém também a causa e efeito da vida...

Antes mesmo que pudesse formular uma pergunta, já recebia a resposta. Eu era, de algum modo, onisciente. Então, gradativamente, cessou toda a recordação de uma existência terrena. Eu estava na eternidade, no paraíso, em uma existência de harmonia e beleza acima de tudo"...

Vagarosamente ela voltou à consciência do seu eu-terreno, e tudo voltou a ser como antes, embora nem tanto... A experiência repetiu-se no mesmo lugar por quatro, cinco dias, mas crescentemente difusa e pálida. Ela permaneceu sentindo uma luminosidade branca em torno de si por algum tempo...

Dahlén compara sua própria experiência com outras induzidas quimicamente: “As semelhanças com minha ‘visão da Criação’ eram, de muitos modos, estarrecedoras... Tudo era incrivelmente claro, próximo e santo. Eu estava ‘onisciente’ de um modo inconcebível para a compreensão humana”...

“Não sei muito sobre estar viciada em narcóticos, mas nas descrições que li ou ouvi... Sempre me senti como se estivesse perdida por um momento naquela visão – a experiência de uma dimensão completamente nova, jamais imaginada, do cosmos: a dimensão do Amor”. [Extraído de ‘Vida Sem Morte?’ p. 280/82. Dr. Nils Jacobson. Círculo do Livro, 1975].
Clic nos Anjinhos e conheça:
 
 Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).