sábado, 8 de março de 2014

Anjos & Gatos: Agentes de Cura de Nossa Mãe Terra - ('Conversando com os Gatos' - Kate Solisti-Mattelon).

"Quando você experienciar interiormente, através da consciência divina de o Self imortal, ser parte de todas as formas de vida manifestadas no Universo, então descobrirá que os reinos, 'em cima' e 'embaixo', estão interligados numa perfeita Unidade, como expressões de o mesmo Supremo Criador". (Campos de Raphael).
(*) Antes de nascer, você eu já vivemos. E o 'Oráculo Angélico' revela, através de características de nossos Anjos da Guarda pessoais, o que viemos fazer neste "campo quântico de possibilidades": expandir a consciência da "criança divina" -, 'Deus em nós', o Self imortal. Mas esquecemos nossa origem divina ao adentrar a veste física, qual a missão escolhida e as lições a ser apreendidas no embate das "forças dos opostos"... NOTE BEM: Embora a infância seja pré-determinada, é-nos dado mudar o rumo da vida, na adolescência e vida adulta - para o 'bem' ou o 'mal'; para baixo ou o Alto... "Destino" é fruto de tudo aquilo que, no hoje vivente, você escolhe! (Campos de Raphael).

 Happy Birthday!
Guardião do Dia: ‘IAH-HEL’ = "Ser Supremo". Protege nascidos em 08/03, 20/05, 01/08, 13/10 e 25/12. Quem nasce nessas datas ama a tranquilidade, a nobreza de caráter e a solidez de atitudes. Pensa mais nos outros do que em si próprio. "Este anjo ajuda a obter sabedoria, idéias luminosas e a apaziguar a violência no mundo. Desde criança demonstra segurança em seus atos e sabe controlar suas ansiedades. Líder nato, aceita os convites de comando por seu jeito forte, capacidade de improvisação e apreço aos desafios. Luta por uma imagem digna, transparente, verdadeira. Viagens de trabalho ou lazer são consideradas 'experiências' que sempre enriquecem o seu mundo íntimo, cada dia mais repleto de luz. É ótimo mestre, que obtém vitória por ser o que é - simplesmente amor. Poderá ser atleta, professor de ginástica ou de qualquer outro esporte, dono de academia, administrador de empresas, empresário ou economista"... Clic e saiba mais: 'Iah-hel'. 62º Anjo. Categoria 'Arcanjos'. [Fonte: viverempaz.com].  

'ARCANJOS': "Categoria angelical responsável pela transmissão de mensagens importantes. Seu Príncipe é o Arcanjo Miguel, invocado para a coragem, defesa e proteção divina. Assegura bons relacionamentos, a sabedoria e os estudos. Miguel é representado com escudos e espadas. Ele é o Anjo que proclama a Unidade de Deus. As pessoas cujos Anjos fazem parte desta categoria são prudentes, introvertidas, só aceitando uma novidade depois de medir os prós e os contras. Briga por seus ideais, enfrenta problemas com coragem, determinação e objetividade".[Fonte: viverempaz.com].


 
DICAS DOS ANJOS DE CURA:
Dores de coluna, artrite, pedras nos rins, prevenção de câncer?! V. pode ter alívio e até curar-se em casa! Veja o depoimento deste experiente Clínico:

Anjos & Gatos: Agentes de Cura de Nossa Mãe Terra
('Conversando com os Gatos' - 
Kate Solisti-Mattelon ).

“Os nossos ancestrais respeitavam os animais por considerá-los agentes de cura e professores. Nos primórdios da raça humana, aprendemos a receber dádivas de espécies diferentes da nossa. Sabíamos que a nossa interdependência propiciava equilíbrio e vida. Mas à medida que o tempo passava, as pessoas começaram a perder contato com outras espécies e com a Mãe Terra”...

Começamos a trilhar jornadas estreitas e egocêntricas, focadas na ganância e na dominação. Em resultado, grande parte da humanidade de hoje se sente desconectada, sem rumo, infeliz, insatisfeita, fragmentada e solitária.

Em todas as culturas humanas existem histórias sobre a ligação profunda que um dia tivemos com o mundo natural. Existem também histórias sobre como acabamos nos separando e nos isolando das outras espécies e da própria Mãe Terra...

Eu recebi telepaticamente uma história, na qual três espécies resolveram permanecer conosco para nos ajudar a lembrar quem realmente somos. Eis essa história:
“Houve uma vez, no começo dos tempos, um conselho formado por todos os seres, representantes das diferentes expressões do Criador em todas as suas maravilhosas formas. Em torno da mesa do conselho, sentavam-se representantes dos insetos, pássaros, répteis, marsupiais, mamíferos e dos seres humanos”...

Cada espécie contava a sua própria história acerca de como havia encarnado para experimentar [e experienciar] uma determinada forma de vida e aprender verdades específicas com todos os outros seres.

O objetivo comum era chegarmos juntos a uma compreensão maior de nós mesmos e do nosso Criador. A formiga escolheu uma forma que lhe ajudasse a aprender a cooperar com as plantas. A baleia jubarte escolheu ser cantora e estudar a interação entre o som e a água.

O falcão escolheu o voo rápido para experimentar e explorar o elemento ar. Os seres humanos optaram por desenvolver o seu notável intelecto, a sua destreza manual e a capacidade de se comunicar verbalmente...

No início, todos os seres estavam ligados pelo coração e éramos uma só família. Gostávamos de compartilhar as nossas experiências e novas descobertas da vida no plano escolhido. Então um dia, quando em nossa busca pela mente, o nosso apego pelas nossas próprias realizações se tornou mais importante, nós, seres humanos, não voltamos mais ao fogo do Conselho.

Passamos a ser narcisistas, esquecendo-nos de que havíamos concordado em voltar ao Conselho para contar aos outros sobre nossas experiências. Passamos a nos sentir superiores; começamos a esquecer que éramos todos uma só família. Criou-se um abismo entre seres humanos e as outras criaturas da Terra.

A maior parte dos animais continuou a sua jornada, mas três espécies demoraram-se um pouco mais na reunião do Conselho, decididas a corrigir essa lacuna cada vez maior entre os seres humanos e as outras criaturas. Num momento decisivo, essas três espécies optaram por deixar o conforto proporcionado pela companhia de outros da própria espécie para acompanhar os seres humanos, esperando guiá-los de volta Ao Criador, de volta à sua conexão, de volta ao Amor...
“Essas três espécies foram o cão, o gato e o cavalo. A partir desse dia, tudo o que precisamos fazer é parar e prestar atenção nessas três espécies, para que elas nos lembrem de quem realmente somos”...

Agora, portanto, neste momento especial do tempo, podemos parar e perguntar aos gatos quem eles são e o que eles querem de nós. Que oportunidade!

Quando escrevi ‘Conversando com os Cães’, eu estava profundamente tocada pela sabedoria canina, com sua compaixão inesgotável por nós, seres humanos. Quando escrevi ‘Conversando com os Cavalos’, um espírito grandioso surgiu, oferecendo-nos lições sobre confiança e aceitação...
Quando me sentei para conversar com os gatos, uma energia totalmente diferente se apresentou. Os gatos se expressam da maneira que são! As pessoas que gostam de gatos vão se divertir com as respostas sucintas e às vezes de duplo sentido que eles deram às nossas perguntas.

“Este livro revelará muito desses seres extraordinários que amamos em todas as suas diferentes expressões! Somos abençoados por viver na companhia dos animais!” [Cf. ‘Conversando com os Gatos’, p. 14/17. Kate Solisti-Mattelon. Cultrix. 2007. Título original: ‘Conversations with Cat’].

Clic e conheça:
 Seja Bem-vindo!
Veja tb. (Clic): 'Gatos & Anjos: Agentes Misteriosos em Nossas Vidas'.
  •  Luz, Amor e Paz! (Campos de Raphael).